29 setembro 2011

Caminho para ensinar programação ! ?

Neste post comento um pouco sobre um e-mail que recebi de umas das listas que faço parte (alg-prog-l@sbc.org.br) e que achei interessante o questionamento:

"Amigos, boa tarde!!!
Gostaria muito da ajuda de você com relação a lógica de programação.
Qual parte da matematica se faz necessário para treinar o nosso cerebro a ter raciocino lógico? só com a lógica de programação conseguimos isso?
Os colegas poderiam me indicar materiais, dicas, livros, locais para pesquisa.

Estou muito interessado na area.
"
Aprenda a programar brincando. :)


Essa pergunta me fez pensar e então resolvi responder para essa lista divulgando um pouco do que já aprendi por aí - com pouco de experiência para compartilhar com vocês...

Qual o caminho para ensinar programação?
Não tem um caminho único. O que importa, talvez seja há vontade de ajudar os outros a aprenderem.

Como desenvolvedor de software e professor de programação, trabalhei um ano ensinando algoritmos na faculdade e posso lhes dar umas pequenas dicas:

  1. Desenvolver a Lógica de Programação no alunado requer acima de tudo exercitar práticas para dar ordem ao computador de forma que ele entenda através de algoritmos. Praticar numa linguagem real ajuda, mas é preciso focar menos na linguagem e mais no desenvolvimento das competências básicas de algoritmos);
  2. Fazer o aluno praticar usando um simulador ou linguagem real;
  3. Use uma ferramenta que possa motivar os alunos, ao mesmo tempo que lhes permitam exercitar os conceitos. Sugiro utilizar a ferramenta Scratch http://scratch.mit.edu/  (tive uma experiência muito gratificante);
  4. Existem N caminhos para resolver os problemas e desafios na programação (assim como na vida), deixar claro que o objetivo final é fazer funcionar (o computador precisa obedecer o que lhe foi mandado), o caminho ideal é aquele que trás resultados positivos;
  5. Trabalhe na perspectiva que faça o aluno exercitar a construção do algoritmo para determinado problema (dos mais simples aos mais complexos), e principalmente, ter em mente que a maneira do aluno não é melhor e nem pior que a sua. O algoritmo que será construído é válido de qualquer forma, uma vez que a solução final atenda os requisitos esperados (muitas vezes avaliados de forma subjetiva pelos usuários e clientes).

enfim...apenas algumas dicas de quem sabe ensinar na prática e na teoria. Mas as vezes nada disso funciona e precisamos nos re-inventar no ensino. :)

Segundo Leonardo Boff, o conhecimento é muito importante, mas o essencial é não perder a capacidade de aprender.

3 comentários:

Daniel disse...

Muito bom Douglas, parabéns pelos ensinamentos de mestre, insentiva as pessoas a programar, facilitando e ajudando na logica de programação Algoritimos.Você pode também faze uns videos , seria otimo.

António Marcos disse...

Muito boa prática de ensino. Tenho uma professora que nada faz para ensinar a programar.

António Marcos disse...

Muito bom esse método de ensinamento. Infelizmente que não tenho um professor que pense assim. Apenas está na aula sem prestar qualquer tipo de ensinamento.