31 agosto 2009

Resultados da pesquisa com usuários de celular - parte 1

Pesquisa divulgada no post, procurou coletar opiniões de usuários sobre o uso do celular para instalar aplicativos no dia a dia. No total foram 100 (cem) respostas. A primeira parte apresento os dados quantitativos. Na segunda, apresentarei os dados qualitativos (em breve).

O problema da pesquisa consistiu na identificação da percepção dos usuários que utilizam o celular para uso de aplicativos de mídias de celular, bem como, dos serviços de comunicação móvel de dados do Brasil, relacionada com a oferta de dados.



Ao todo, foram 83% dos usuários que dizem instalar aplicações no celular, sendo que
36% instalam frequentemente e apenas 17% disseram não instalar. Com relação as formas de instalação utilizadas pelos usuários, podemos observar que a maneira mais comum de instalação de aplicativos é via download da Internet, utilizando o uso do computador pessoal como meio (foram 67% dos usuários que confirmaram instalar aplicativos usando o PC), e para instalar no celular, usaram a porta USB (63%) e/ou via Bluetooth (35%).


Além disso, uma parcela significativa dos usuários (47%) dizem realizar download de aplicativos diretamente pelo celular.





A principal forma utilizada pelo usuário de celular para encontrar aplicações, da nossa amostra, foi usando o navegador de celular para acessar a Internet (70%), seguido por indicações de amigos, colegas de trabalho ou familiares (41%).

O motivo apontada por não haver maior interesse por downloads de aplicativos pelos usuários no mercado de celular, deve-se ao fato dos usuários não encontrarem aplicações julgadas interessantes por eles (55%), seguido do custo cobrado pelas operadoras para tráfego de dados (36%). As dificuldades técnicas normalmente encontradas por usuários de celular, como difícil instalação de aplicativos e/ou receios às questões de segurança, representaram apenas 7% somadas, não sendo um ponto de preocupação dos usuários. Além disso, os usuários demonstraram que 32% estaria disposto a aceitar receber entrega de conteúdo baseado em propaganda no seu celular, contra 30% que não aceitaria, além de 36% que talvez aceitaria.



A figura acima ilustra a relevância atribuida pelos usuários quanto a importância dos setores do ecossistema da indústria de celular. As empresas de Internet e os fabricantes de celulares são considerados os mais importantes atores para produzir e prover serviços de dados para celulares (62%, 61% somando-se 5 e 4).

Observa-se que existe uma tendência por considerar as empresas de Internet ocupando um papel bastante importante para os usuários para ofertar conteúdos e serviços móveis de dados no Brasil. Em contrapartida, as operadoras e empresas de mídia/provedoras de conteúdo, demonstram ter pouca relavância para os usuários neste papel.

3 comentários:

Anônimo disse...

Boa pesquisa, boa iniciativa. Parabens.
Poderia melhorar as imagens, pois estão distorcidas.

Saulo disse...

Olá Douglas! Qual foi o seu público-alvo na pesquisa?

Douglas Daniel Del Frari disse...

Valeu pessoal!

As imagens ficam distorcidas no IExplorer pelo que testei. No navegador Firefox e Chrome, não percebi distorção. Agradeço mesmo assim.

Saulo, o público alvo foi qualquer pessoa que usa celular. Porém, uma das limitações foi a identificação do público alvo. Poderia ter pedido informações para classificar as pessoas que responderam. Fica como melhoria para a próxima pesquisa.